Exclusivo almasurf: Kelly Slater fala tudo o que pensa sobre a final Julian x Medina

“Às vezes eu adoraria ouvir os juízes dizerem que erraram. Somos todos humanos”

por Guilherme Felberg, 26/10/2012
A polêmica final do Rip Curl Pro Peniche entre Julian Wilson e Gabriel Medina continua dando o que falar.

Na tarde desta quinta-feira (25/10), o nome de Kelly Slater apareceu nos comentários de uma matéria especial do Surfline.com sobre a polêmica que envolveu a vitória de Julian sobre Medina em Portugal, onde o pseudo Kelly adotava posição clara a respeito da final. Mas era um ledo engano.


KELLY NO SURFLINE?


Na sequência de um post verdadeiro do surfista Christian Fletcher, que se pronunciou a respeito das discussões – "Wha’ Wha’ Wha. Welcome to the DARKSIDE!" –; o dito “Kelly Slater” postou no fórum do Surfline:

"Só queria dizer que se eu, Kelly Slater, tivesse dado aqueles aéreos e aquelas rasgadas que Medina deu naquela onda, eu teria facilmente recebido uma nota 9. E todos os comentaristas teriam falado sobre como eu, Kelly Slater, tornei uma onda de nota 5 em uma nota 9... Bells não é uma "onda de aéreo", mas eu recebi um 10 por um aéreo lá, pense sobre isso.........".


A declaração fazia referencia ao evento que fechava a perna australiana de abertura do Tour 2012; onde as criticas indicaram uma super valorização da performance do aussie Mick Fanning, na bateria final contra o próprio Kelly.


APURAÇÃO DOS FATOS


Na duvida e no calor das mensagens que seguiram no facebook da almasurf com a publicação da suposta declaração do Kelly, entramos em contato com o 11x campeão mundial para conferir se o comentário era mesmo dele. E o que era para ser apenas uma confirmação com o surfista da Flórida, se tornou em um quentíssimo factoide.

Confira abaixo na ÍNTEGRA a troca de e-mails entre o nosso gerente de marketing Felipe Baracchini e o 11x campeão mundial Kelly Slater, que aconteceu hoje, dia 26/10:

almasurf:
Kelly, nós [almasurf] vimos um comentário que direcionava supostamente ao seu nome no fórum do Surfline, referente ao artigo sobre a final entre Medina e Julian [Peniche]. Queremos saber se foi realmente você que o fez. Se não, qual seu ponto de vista em relação à atitude do público na web depois da bateria? Você já tinha visto algo assim antes?


Kelly Slater:
"Porque eu diria uma coisa dessas? Claro que não. Isso é bobagem. Alguém sendo um idiota.

A reação foi similar à final de Bells [Austrália}. Todos têm uma opinião. Eu acho que Medina venceu a final. Mas você sempre terá vitórias e derrotas que não deveria ter em sua carreira. Eu entendo ficar chateado, mas você tem que encarar isso como um homem. Se meu padastro fosse para a Área dos Surfistas e começasse a falar besteira e causar um alvoroço, eu falaria para ele nunca mais vir para os campeonatos comigo".


DEZ MINUTOS DEPOIS, KELLY MANDOU OUTRO E-MAIL


"Desculpe, eu não tinha terminado...

Meu ponto é, quando pessoas cometem erros, não cometa outros em cima. Apenas leve como tem que ser. O Medina tem um longo futuro pela frente e é um surfista fenomenal. Ele não precisa deste tipo de coisa para se martirizar. Apenas sorria e siga em frente. O Julian é a maior vítima disso tudo que aconteceu porque ficou muito feio para ele, apesar dele não ter nada a fazer na situação. Todos tem onda mal julgadas e é isso o que acontece com um sistema de notas subjetivo. É difícil acabar com isso.

O primeiro tubo do Julian não teve nada de especial. Um bom começo, mas uma saída ruim. Um score médio, eu acredito. O Medina deveria ter tido a melhor nota, com três boas manobras. Eu acho que se o Julian tivesse dado um air-reverse no final daquela última onda ele teria conseguido.

Às vezes eu apenas adoraria ouvir os juízes dizerem que erraram. Está tudo bem. Somos todos humanos.

Kelly



SOMOS TODOS HUMANOS

… E foi assim que Kelly Slater acabou com a polêmica sobre uma declaração no Surfline - que não foi dele. E muito mais do que isso deixou aqui de forma exclusiva no almasurf.com, suas opiniões sobre o acontecido que envolveu o nosso xodó brasileiro do World Tour, Gabriel Medina.

São fatos que temos agora de aceitar com profissionalismo e, acima de tudo, tirando lições do episódio. Todos nós, quando acertamos e quando erramos, porque como disse Slater: "Somos todos humanos".

Obrigado Kelly, dessa vez, realmente, "nos superamos".



SHARE:
  • almasurf
    Quinta-feira de séries entre meio e 1 metro
  • almasurf
    Koa Smith te coloca no tubo da África do Sul
  • almasurf
    Sobremarinhos
  • almasurf
    Four Tet na trilha sonora das suas surf trips
  • almasurf
    Vissla & Surfrider Foundation lançam desafio para designers que pegam a onda consciente
  • almasurf
    A teoria do livre atrito
  • almasurf
    Off The Well Worn Path
  • almasurf
    Tommy Guerrero: do emblemático skate dos anos 80 para a música de 2015
  • almasurf
    Fernando Shiroma abre seu portfólio pra falar de surf e Japão
  • almasurf
    Bicicleta Sem Freio acelera na gringa
  • almasurf
    Experimentação ao extremo
  • almasurf
    Tudo começou por amor
  • almasurf
    PM acusado de matar Ricardo dos Santos é expulso
  • almasurf
    Um surfista no meio da pedra que canta
  • almasurf
    Na cozinha de Junior Faria
  • almasurf
    Pedro Calejo fala das vantagens de viver como um waterman.
  • almasurf
    Jbay afunilando
  • almasurf
    Brasil nas Maldivas
  • almasurf
    Reação com ação!
  • almasurf
    Luan Oliveira é o Brasil no alto do pódio e leva o público ao delírio na Street League.
  • almasurf
    Buscando a paz no mar
  • almasurf
    No acervo do Pardhal
  • almasurf
    Pela primeira vez, surf está nos Jogos Pan-Americanos
  • almasurf
    Neal Purchase Jnr documenta os seus 8 meses em Bali com sua Duo Concept.
  • almasurf
    Um fotógrafo em busca do silêncio
  • almasurf
    Chloé Calmon, conexão Rio-Angola
  • almasurf
    Endless Roads: 7 garotas, 1 kombi, 15 dias, 4.300km e 416 GB de imagens.
  • almasurf
    Na casa do Gato
  • almasurf
    Francisco Lufinha, recordista mundial de kitesurf em distância, tenta bater mais um recorde.
  • almasurf
    Trace: o surf agora com seus próprios gadgets.