Silvana Lima finaliza em nono abertura da WSL 2018

Cearense foi bem na bateria de estreia, mas acabou eliminada na terceira fase.

por Redação Almasurf, 12/03/2018
follow

A surfista brasileira Silvana Lima foi eliminada na terceira fase do Roxy Pro e finalizou na nona colocação a primeira etapa da WSL 2018 disputada na Gold Coast australiana.

Única brasileira entre as tops do circuito, a cearense venceu sua bateria de estreia, mas acabou eliminada em um confronto que consagrou a prodígio Caroline Marks, norte-americana que desbancou no mesmo duelo a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore.

Vale lembrar que não existe mais repescagem nessa fase, tanto no Feminino quanto no Masculino. Repescagem agora só para quem perde a bateria do Round 1.

Depois das disputas das quartas, Lakey Peterson e Malia Manuel garantiram suas vagas na primeira semifinal do evento. Sally Fitzgibbons e Keely Andrew disputam a segunda vaga na decisão.

Quiksilver Pro Gold Coast

As baterias da segunda fase do evento masculino estavam previstas para o último domingo, logo após os duelos das meninas. Infelizmente, as condições do mar não ficaram boas e a repescagem acabou adiada.

Uma nova chamada acontece nesta segunda-feira e nove brasileiros disputam uma vaga na terceira fase: Gabriel Medina, Adriano de Souza, Ian Gouveia, Michael Rodrigues, Caio Ibelli, Willian Cardos, Yago Dora, Thomas Hermes e Jessé Mendes.