Cotton Project apresenta Cosmic Psycos na SPFW

Em seu último desfile, R.I.P – Relax is Priority, a Cotton Project convidou o público a se aprofundar em um mundo onde o relaxamento se tornou uma necessidade do ser humano para o aprofundamento de ideias.

por Vinicius Barrella, 31/08/2017
follow

Para coleção de Verão 2018 , a marca de Rafael Varandas dá continuidade nessa pesquisa através de uma análise mais profunda sobre a inquietação e insatisfação humana. Por que vivemos insatisfeitos constantemente? Por que nós estamos sempre em busca de mais?

Em Cosmic Psychos, a Cotton Project analisou o tema em dois caminhos diferentes que refletirão na passarela. Tudo começa com uma análise da ansiedade através de uma ótica temporal, como se fosse um problema do nosso tempo, não ocorrente em um período pré-internet.

Para essa estética, Rafael Varandas se inspirou nos “novos velhinhos”, pessoas comuns do dia-a-dia que carregam um estilo “slow-living”, inspirado nas pessoas da terceira idade de Higienópolis.

Em um segundo momento, a Cotton Project amplia a análise para além da explicação lógica e cientifica, através de uma visão transcendental na qual temas como meditação e astrologia seriam a resposta para a inquietação humana. Com uma visão outsider sobre tais temas, Varandas traz nas estampas e no mood 90’s Color Surfing a sua leitura sobre os cosmos e amplitude do universo.

Tecidos: Moletom e sarjas tingidas e estonadas, Cotelê 100% algodão de 4 canais, Jacquard exclusivo desenvolvido em tapeçaria, Tecidos planos com estamparia digital.

Estampas: Listras de giz e oversized. Tapeçaria marroquina. Stencil de plantas. Color Splash.

Cartela de cores: Lilás, roxo, amarelo, verde água, coral, marrom, azul royal, verde militar e preto

Puma Pela quarta vez consecutiva, a Puma estará presente no desfile da Cotton Project complementando o conceito desenvolvido por Rafael Varandas. Desta vez, a silhueta escolhida para calçar as modelos é o clássico Suede, modelo icônico da Puma que influencia a cultura streetwear, moda e música desde os anos 60.

Rhodia Na busca de tecidos mais tecnológicos e sustentáveis, a Cotton Project encontrou no fio Rhodianyl® High-D, produzido pela Rhodia, a solução para sua linha esportiva e de acessórios. Trata-se de um fio têxtil de alta tenacidade inteligente e sustentável para aplicação em artigos têxteis e acessórios que exigem alta resistência combinada com durabilidade e desempenho.

A novidade, desenvolvida nos laboratórios de inovação da Rhodia no Brasil, é destinada à confecção de tecidos aplicados na confecção de acessórios como bolsas, mochilas, malas, além de outros artigos têxteis, incluindo uniformes profissionais e roupas para a prática de esportes de aventura.

O novo produto incorpora a tecnologia de biodegradabilidade, o que torna os artigos amigos do meio ambiente, pois podem se biodegradar em menos de 3 anos quando descartados em aterro sanitário. Para o desenvolvimento das peças foram utilizados tecidos Tecelagem Macias, desenvolvidos com o fio Rhodianyl High-D® biodegradável.

Nas jaquetas, shorts e bonés; foi utilizado o tecido Dubai, tecido que entrega leveza e transpirabilidade. Já nas bolsas e pochetes foi usado o Master Fit, que além de leve, possui secagem rápida.

 

Livo Para a edição 44 do SPFW, Livo e Cotton Project se unem para criar 3 colorways exclusivos do óculos de sol Luna. A escolha deste modelo para a parceria se deu, segundo a Cotton Project, pela a união de duas características importantes do óculos. Em primeiro lugar, o óculos tem uma lembrança felina dos anos 60, década do boom do surf nos EUA. A segunda característica são as astes largas e anguladas, muito características na cena hardcore do surf e skate nos anos 90. O modelo Luna - Cosmic Psychos estará disponível em 3 cores: inteiro preto, tartaruga com marrom e pérola com a lente rosa. Disponível após o desfile na loja da Cotton Project por R$499.

 

Trilha Combinando texturas eletrônicas sci-fi com fragmentos orgânicos de psych-rock, a trilha sonora do desfile da Cotton Project no SPFWN44 é uma interessante tradução sonora da coleção Cosmic Psychos. O som de bandas que caracterizariam um momento “pós-surf music” encontra harmonias extra-terrenas e melodias espaciais para induzir um delírio cósmico, complementando a experiência visual que a marca propõe nessa temporada.

O ponto de partida foi o álbum "Microtonal Flying Banana", da banda australiana King Gizzard & The Lizard Wizard, cuja música Doom City introduz a trilha. “É um som urgente e melódico na medida certa, que se relaciona com a Cotton Project por também propôr uma releitura não-óbvia do universo do surf”, diz Marcelo Gerab, que assina a trilha ao lado de Rafael Toledo, o responsável por ter introduzido a banda ao diretor criativo da marca, Rafael Varandas. Além disso, a trilha também é composta por faixas percussivas de música eletrônica, trechos de produções autorais e achados de uma pesquisa musical calcada no balanço entre psicodelia e sonoridades contemporâneas.

Marcelo Gerab é designer gráfico e produtor musical e também assinou a trilha do vídeo Relax Is Priority, da coleção passada da Cotton Project. Rafael Toledo é o nome por trás do Issy Studio, selo de curadoria artística que se divide em pesquisa audiovisual experimental e lançamento das mixtapes semestrais Spilling Hot Gossip.

 

Ficha Técnica
Diretor Criativo | Rafael Varandas
Estilo | Acácio Mendes
Beleza | Dindi Hojah
Produção Executiva | Rafael Varandas e Fernandes Mendes
Direção | Augusto Mariotti
Trilha Sonora | Marcelo Gerab e Rafael Toledo

 

www.cottonproject.com.br
@cottonproject

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf