Filipinho defende a liderança no Surf Ranch

Evento começa nesta quinta-feira na Califórnia; Doze brasileiros vão disputar o título, um terço dos 36 participantes

por Redação Almasurf, 18/09/2019
follow

A oitava etapa do World Surf League Championship Tour começa nesta quinta-feira (19) nas ondas artificiais do Surf Ranch em Lemoore, interior da Califórnia (EUA).

O Freshwater Pro 2019 é o único da temporada em que as chances são exatamente iguais para todos os competidores, sem depender de previsão de swell ou da melhor maré.

No ano passado, os mais completos na piscina de ondas do Kelly Slater foram o bicampeão mundial Gabriel Medina, que ficou com o título, e Filipe Toledo, que defende a liderança do ranking e compete com a lycra amarela do Jeep Leaderboard.

Outro brasileiro com chances de brigar pela liderança do ranking no Surf Ranch é Italo Ferreira. O potiguar vem embalado pela vitória incrível no ISA Surfing Games, onde conquistou a medalha de ouro com uma nota 10 na bateria final.

Depois do Freshwater Pro, restarão apenas três etapas (Portugal, França e Hawaii) para definir o campeão da temporada, os top-22 que ficarão na elite do CT e os classificados para as Olimpíadas de 2020.

Entre os onze titulares da “seleção brasileira” no CT, o único desfalque é justamente o capitão do time, Adriano de Souza. O campeão mundial de 2015 voltou a sentir uma lesão e não vai competir no Surf Ranch.

Mineiro será substituído pelo atual campeão mundial Pro Junior da WSL, Mateus Herdy. O paulista Caio Ibelli também está no evento e corre na vaga do contundido John John Florence. Doze brasileiros vão disputar o título na Califórnia, um terço dos 36 participantes.

almasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurf