WSL anuncia mudanças no Big Wave Tour

Além de alterações no formato dos eventos, nova plataforma apresentará conteúdos exclusivos fora do ambiente das competições

por Redação Almasurf, 02/09/2019
follow

A World Surf League anunciou no último fim de semana novidades para o WSL Big Wave Tour, o Circuito Mundial de Ondas Gigantes. Além de alterações no formato das competições, uma nova plataforma exclusiva para o big surf irá apresentar conteúdos exclusivos e o desempenho dos surfistas que desafiam os limites do esporte.

Batizada de Strike Missions, a série pretende ser mais dinâmica na busca dos big swells, permitindo que a WSL seja mais rápida para entrar em ação quando as maiores ondulações estiverem quebrando em algum lugar do mundo.

Ou seja, a nova plataforma vai monitorar as previsões e enviar equipes da WSL para o olho da tempestade. O plano é apresentar o surfe em ondas grandes fora das competições. A entidade também promoverá dois eventos reestruturados na temporada 2019 / 2020 do hemisfério norte: Jaws, Havaí, e Nazaré, Portugal.

O Jaws Big Wave contará com os melhores surfistas de ondas grandes do planeta para decidir os campeões mundiais das categorias Masculina e Feminina. A onda mais icônica do surfe em ondas gigantes é o maior teste de habilidade e coragem no universo do esporte.

Já o Nazaré Tow Challenge será um evento para os atletas convidados utilizarem jet skis no pico dos recordes mundiais de ondas gigantes, ambos cravados por brasileiros: Rodrigo Koxa e Maya Gabeira. O período de espera dos eventos começa no dia 1 de novembro de 2019 e estende-se até 31 de março de 2020.

E o Big Wave Awards ficará diretamente vinculado ao Guinneess World Records. Caso os recordes sejam quebrados, os resultados oficiais serão revelados na premiação anual do Oscar das Ondas Gigantes.

Outro palco tradicional de ondas gigantes, Mavericks, na Califórnia, não será mais um evento do tour devido aos vários desafios de logística. Mas a série Strike Mission e o Big Wave Awards devem incluir o conteúdo gerado nos dias clássicos em Mavs.

Para finalizar, a WSL também lançará o Big Wave Development Fund, focado na próxima geração de surfistas de ondas grandes. Esse fundo se concentrará em difundir as medidas de segurança do surfe em ondas grandes.