Descubra o Ceará - Paraíso dos esportes de prancha

Produzido em parceria com a comunidade cearense do surf, guia de surf apresenta o potencial dos melhores picos do estado

por Redação Almasurf, 08/05/2019
follow

A Almasurf e a Confederação Brasileira de Surf lançam a partir desta terça-feira um guia de surf com alguns dos melhores picos do estado do Ceará.

O conteúdo foi produzido em parceria com a comunidade cearense do surf e vem para apresentar o potencial da região, paraíso para surfistas de diferentes modalidades dos esportes de prancha.

Entre os dias 23 e 26 de maio, a praia do Futuro, em Fortaleza, recebe a abertura do Circuito Brasileiro de Surf Profissional 2019, evento apresentado pela Secretaria de Turismo do Governo do Estado do Ceará, com apoio do Instituto Povo do Mar.

Neste primeiro texto, a galera dá a letra dos points do Futuro, palco da abertura do Novo Surf, da Taíba e da Ponte Metálica.

Ponte Metálica

Por Daniel Bezerra

Localizada na região da praia da Iracema, o point da Ponte Metálica é um dos mais procurados pela galera do surf e do bodyboard de Fortaleza. As melhores ondulações encostam entre os meses de novembro e abril, quando o pico fica constante, com vários dias de boas condições.

As ondas triangulares do “point” são desafiadoras até para os atletas mais técnicos, que fazem a mala nos tubos quadrados e perfeitos. O pico também oferece outras opções de ondas mais tranquilas para iniciantes e amadores menos experientes. O crowd é pesado e intenso, repleto de excelentes atletas e muitos profissionais.

Taíba

Por Érico Frota



Taíba é uma pequena aldeia dos índios Tapebas, nativos da região, e está localizada a 65 quilômetros de Fortaleza. Com ondas e ventos constantes, é um paraíso para a galera do surf e do kite. As melhores ondulações encostam entre outubro e abril. Já as melhores condições de vento rolam entre maio e setembro.


São três famosos picos na região: Taibinha, Pesqueira e Morro do Chapéu. A Taibinha é um ótimo point para iniciantes, com ondas o ano inteiro, desde meio metrinho até 2 metros. Na Pesqueira, com suas direitas incríveis sobre a bancada de pedra, rolam ondas de calibre internacional nos maiores dias do ano. Já o Morro do Chapéu é uma mistura de beach break e point break e quando o mar sobe, a laje funciona pesada e as condições ficam pesadas até para os mais experientes.

Praia do Futuro

Por Sérgio Cavalcante

Com 8 quilômetros de extensão, a praia do Futuro é o pico mais constante do litoral cearense. Por aqui, independente da época do ano, na maré seca ou na maré cheia, quase sempre tem uma boa condição para o treino da galera local, que sempre está na área.

As dezenas de picos espalhados pela praia funcionam desde meio metrinho até 2 metros. As maiores ondulações (do quadrante norte) encostam entre os meses de dezembro de abril. No restante do ano, a galera do kitesurfe se dá bem com os ventos do quadrante leste. Além disso, a praia tem ampla infraestrutura para receber turistas, com barracas de bebidas e comidas típicas para todos os gostos.

almasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurf