Filipinho é vice em Bells

Havaiano John John Florence vence o evento em baterias contestadas pelo público e por especialistas e assume a ponta do ranking do CT

por Lucas Conejero, 29/04/2019
follow

John John Florence derrotou o ubatubense Filipe Toledo na bateria decisiva e faturou o caneco do Rip Curl Bells Beach Pro 2019, encerrado na última sexta-feira (26) em altas ondas no lendário pico da costa de Torquey, Austrália.

Bicampeão mundial, Gabriel Medina acabou eliminado pelo havaiano nas quartas de final em um duelo em que a decisão dos juízes foi contestada pelo público e por muitos especialistas da mídia especializada.

Ítalo Ferreira, que chegou ao evento com a lycra amarela de líder do ranking, cometeu um erro de interpretação da regra e foi eliminado, também nas quartas de final, depois de uma interferência em Jordy Smith.

Finalizada a perna australiana, John John, além de quebrar a série incrível de dez vitórias brasileiras seguidas no tour, assume a ponta do ranking do circuito da WSL.

Entre as meninas, a norte-americana Courtney Conlogue conquistou a sua terceira vitória no Rip Curl Pro com a primeira nota 10 do ano. A havaiana Malia Manuel ficou com o vice-campeonato.

Única brasileira no evento, Tati West caiu nas quartas de final. Silvana Lima segue fora das disputas em função de uma contusão, mas informações obtidas pela Almasurf indicam que ela deve voltar às baterias a partir da terceira etapa.

A próxima parada do tour rola em Keramas, Indonésia, entre os dias 13 e 25 de maio.

Confira como ficou o ranking masculino.

Confira como ficou o ranking feminino.

 

almasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurfalmasurf