Alex Ribeiro no topo em Newcastle

Paulista vence a segunda etapa do WSL Qualifying Series com status 6000 do ano; Brasil ocupa 3 das 6 primeiras posições do ranking da divisão de acesso

por Redação Almasurf, 17/03/2019
follow

Os brasileiros começaram 2019 como terminaram 2018, ganhando quase tudo no Circuito Mundial da World Surf League. As duas etapas do WSL Qualifying Series com status QS 6000 terminaram em decisões 100% verde-amarelas.

A primeira foi o Oi Hang Loose Pro Contest, com o potiguar Jadson André derrotando o catarinense Yago Dora em Fernando de Noronha.

A outra acabou neste domingo de boas ondas em Merewether Beach e com Jadson novamente na final, mas desta vez perdendo para o paulista Alex Ribeiro o título do Burton Automotive Pro, no tradicional Surfest Newcastle da Austrália. No Feminino, a experiente Sally Fitzgibbons foi a campeã.

Com a vitória, o surfista da Praia Grande saltou da 150.a para a quarta posição no ranking liderado por Jadson André, que classifica dez surfistas para a elite dos top-34 da World Surf League.

Confira como ficou o ranking do WSL Qualifying Series depois da etapa de Newcastle.